A Revista Pássaros é sucedânea e herdeira em terceira geração, da revista "Canaricultura" fundada nos idos de 1954 por Antônio S. Távora, homem de letras, apaixonado criador de canários e diretor da tradicional sociedade "União Nacional dos Criadores de Canários", do Rio de Janeiro.

Essa iniciativa pioneira abriu o caminho num horizonte sem par, para o desenvolvimento da nossa ornitologia. A breve passagem de Antônio S. Távora na fundação e editoria da revista "Canaricultura", marcou de vez a importância da necessidade da informação a qual no Brasil era incipiente na época, tornando esse fato significativo para a evolução da canaricultura brasileira. Nessa publicação, grandes criadores e autores vieram desvendar os segredos da criação de canários, já há muito desenvolvida na Europa. Tivemos a oportunidade ímpar de dar continuidade a esse trabalho.

Encontramos nesse veículo, o canal no qual divulgamos a canaricultura brasileira. Nessa época, nossa revista atingiu até assinantes em Cuba, onde tínhamos como co-irmã a famosa revista "Trinos e Colores", órgão de divulgação da canaricultura cubana. Percebendo a necessidade de abrir novos horizontes, resolvemos transformar a revista "Canaricultura" em" Canaricultura e Ornitologia".

Apesar da redundância do termo, foi mantida na nova publicação a terminologia canaricultura, fonte de criação e inspiração do seu fundador, cabendo aí uma homenagem a ele. Essa transformação ocorreu em 1970, criando a partir daí condições à nossa editoria de abordar temas diversos da ornitologia para alcançar um público maior de apaixonados.Num passado breve, deixamos de editar nossa revista, isso, devidoà altíssima inflação que atingiu nosso país, que fez com que nosso trabalho apaixonado ficasse sem inspiração.

Em 1995, atendendo ao clamor geral da falta de um órgão que falasse e divulgasse nossa ornitologia, resolvemos continuar nossa tendência editorial, agora com o nome abrangente de "Pássaros". Chegamos hoje ao seu 13º aniversário, sendo que a edição, filha de"Canaricultura" e "Canaricultura e Ornitologia", dá ênfase à criação de pássaros silvestres brasileiros, não esquecendo da sua origem, os canários, os periquitos, os exóticos e os pássaros ornamentais. Nesse período de existência, encontramos uma enorme ressonância com os criadores de silvestres (nossa fauna), atividade que tem se transformado em verdadeira paixão nacional.

É preciso que fique bem claro que a revista "Pássaros" luta pela preservação de nossa fauna. Ela procura nos seus editoriais e artigos colocar em primeiro lugar, o cuidado, o carinho e a dedicação desses apaixonados pela natureza nacional. Informamos, de forma clara, objetiva e técnica, do cuidado desses nossos queridos alados respeitando a ordem jurídica.

Finalizando: - Por esse passado e filosofia, a equipe da Revista" Pássaros" se sente preparada para atingir o anseio da ornitologia brasileira. Nossa experiência está à disposição desses baluartes apaixonados. Nosso intuito é editar uma revista técnica, informativa e variada, leve e clássica, sem excessos de publicidade, valorizando o espaço do leitor. Assine e verifique o nosso trabalho! Estamos abertos a críticas e sugestões.

Ademir Eugênio Lopes

www.revistapassaros.com.br - 2014 - Desenvolvimento: